terça-feira, 17 de outubro de 2017

Catarinenses e paranaenses já podem cadastrar seus celulares no sistema de alerta de desastres naturais


Imagem de um raio caindo sobre uma cidade


A partir desta segunda-feira (16.10), os moradores dos estados do Paraná e de Santa Catarina já podem cadastrar suas linhas móveis para receber mensagens de alerta de desastres naturais enviadas por SMS. E no dia 16 de novembro, o serviço vai começar a ser oferecido em São Paulo.
As mensagens são enviadas pelo Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) e pela Defesa Civil dos estados e municípios. Está sendo enviada para os celulares de Santa Catarina e Paraná a seguinte mensagem: "Defesa Civil Nacional informa: novo serviço de envio de SMS gratuito com alertas de área de riscos. Para se cadastrar responda para 40199 com CEP de interesse". 
Ao fim do cadastro, o usuário é informado que o celular está apto a receber alertas de  inundações, alagamentos, temporais, perigo de deslizamentos de terra, entre outros, e também recebem recomendações da Defesa Civil. Se o usuário desejar, é possível cancelar o serviço por mensagem de celular.
Depois de um período de testes, o grupo coordenado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), e que conta com representantes do Cenad, definiu a expansão do serviço para  todo o país.
O primeiro projeto piloto foi realizado em 20 municípios de Santa Catarina, que reúnem mais de 500 mil habitantes a partir de fevereiro deste ano. Outras cinco cidades do Paraná, com cerca de 100 mil moradores, passaram também a contar com o sistema em junho.
O serviço de alerta de desastres naturais começou a ser utilizado no Japão a partir de 2007. Atualmente, mais de 20 países, entre eles o Canadá, Chile, Bélgica e Filipinas contam com serviços semelhantes.
Cronograma 
Os moradores dos estados do Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Espírito Santo poderão cadastrar seus números móveis no sistema de alertas a partir de 18 de dezembro deste ano. Seguidos, em 15 de janeiro de 2018, por Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Goiás, e, em 19 de fevereiro de 2018, por Distrito Federal, Mato Grosso e Tocantins. Os demais estados - BA, SE, AL, PE, PB, RN, CE, PI, MA, PA, AP, AC, AM, RO e RR- serão inseridos no sistema em 19 de março de 2018.
fonte:http://www.anatel.gov.br/institucional/ultimas-noticiass/1778-catarinenses-e-paranaenses-ja-podem-cadastrar-seus-celulares-no-sistema-de-alerta-de-desastres-naturais

domingo, 2 de abril de 2017


3º Encontro de Radioamadores de Caruaru, dia 28 de maio de 2017.

O Encontro terá:

- Palestras
- Exposição de Rádios
- Feirinha de Rádios e Equipamentos

Kit do Encontro

Kit do encontro (camisa personalizada do evento), valor R$ 25,00;

O Kit poderá ser solicitado até dia 13/05/2017, após esta data não poderemos mais atender os pedidos.

Para confirmar presença e aquisição do Kit visite o link AQUI.

OBS: AS CAMISAS SOLICITADAS PELOS AMIGOS DE OUTRAS CIDADES E ESTADOS SERÃO ENTREGUES NO DIA DO EVENTO.

O valor do kit poderá ser depositado na seguinte conta:

Favorecido: ANTONIO AVELINO DA SILVA
Banco: Banco do Brasil
Agência: 5742-8
Conta Corrente: 11987-3
Operação: 001

Sobre o Local do Encontro

- A 135 km do Recife e sete minutos do centro de Caruaru, o Polo Caruaru está situado no km 62, às margens da BR 104. Todos os dias, o empreendimento recebe milhares de compradores. Fundado em 2004, possui mais de 300 lojas dos mais variados segmentos. Vestuário, sapatos, acessórios, artigos em couro e artesanato são alguns itens que podem ser encontrados pelos visitante.

- O Polo Caruaru conta com uma infraestrutura de 64 mil m² de área coberta. Também dispõe de dois espaços para a realização de eventos, um com 5.111m², outro com 660 m². Os ambientes são cobertos e podem receber feiras, exposições, festas e eventos em geral.

- No Polo contamos com restaurantes e lanchonetes (Praça de Alimentação), quiosques de lanches e sorvetes.

- O estacionamento com seis mil vagas e caixas eletrônicos são outras características que proporcionam comodidade aos visitantes.

Horário

Das 09h às 16h


Organização:

Antonio Avelino (PU7RAZ)
(81) 99257-1734 (Claro) / 99741-3846 (Tim) (whatsapp)

Elias Lemos (PY7EEL)
(81) 99142-9425 (Claro) / 99575-6351 (Tim)

Atenciosamente,

terça-feira, 17 de janeiro de 2017


O fim de uma era: Noruega é 1º país do mundo a parar com transmissões de rádio em FM


Aparelho de rádioDireito de imagemGETTY IMAGES
Image captionTransição para rádio digital gerará economia de US$25 milhões por ano, segundo governo

Sob os olhares de outras nações, a Noruega se tornou o primeiro país do mundo a tirar do ar o sinal FM na última quarta-feira.
O desligamento começou na manhã do dia 11, na cidade mais ao norte do país, Bodø, perto do Círculo Polar Ártico, e teve cobertura ao vivo da televisão norueguesa.
Segundo o governo, hoje, a Noruega tem 22 estações nacionais de rádio digital e ainda há espaço para outras 20.
No entanto, só restam cinco estações nacionais de rádio FM neste país de 5 milhões de habitantes.
O serviço público de radiodifusão norueguês, o NRK, desligará seu sinal FM (a sigla de origem inglesa vem de Frequencia Modulada) antes da concorrência.
Mas este processo não será repentino: o sinal sairá do ar região por região, a partir de janeiro deste ano.

Economia

O ministério da Cultura norueguês estima que a digitalização das emissoras nacionais de rádio gerará uma economia anual de cerca de US$ 25 milhões (aproximadamente R$ 80 milhões).
"O custo de transmissão de rádio nacional pela rede FM é oito vezes maior que pela rede de Retransmissão Digital de Áudio", disse o ministério em um comunicado.
Isso se deve em parte pelo menor consumo de energia da transmissão digital.

Microfone e fones de ouvidoDireito de imagemGETTY IMAGES
Image captionIniciativa na Noruega servirá de teste para a indústria global de rádio

A ministra da Cultura, Thorhild Widvey, elenca outras vantagens.
"Os ouvintes terão acesso a um conteúdo de rádio mais diverso e plural e desfrutarão de uma maior qualidade de áudio, além de novas funcionalidades", disse ela recentemente.
Segundo Widvey, a digitalização também melhorará o sistema de resposta diante de emergências, já que a rádio digital é menos vulnerável a condições de clima extremas.

Indústria

Vários outros países da Europa e do sul da Ásia também avaliam uma transição para a rádio digital.
Segundo o analista britânico James Cridland, o momento do desligamento do sinal FM na Noruega será um "momento de apreensão" para a indústria de rádio global.
"Espero que os noruegueses tenham feito o suficiente para reter a audiência e para garantir que aqueles que não tenham feito a transição para o digital o façam logo", disse.
"Quem escuta rádio pode decidir, em vez disso, passar a ouvir sua coleção de músicas ou os serviços de streaming. Se a mudança prejudicar a audiência, pode ser que outros países fiquem menos dispostos a também desligar seu sinal FM e AM."
Fonte:http://www.bbc.com/

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

O Radioamadorismo é um dos passatempos mais fascinantes.


Muito antes de se falar em internet, e satélites os Radioamadores já formavam uma rede de amigos e solidariedade em todo o mundo.
Através do Radioamadorismo, desenvolvemos diversos conhecimentos gerais, como:
Geografia – ao manter contato com diversos locais do Brasil e do mundo, o Radioamador estará adquirindo conhecimentos de geografia, ao consultar os locais em mapas e Atlas.
Eletrônica – o Radioamador é um experimentador movido pela curiosidade. Logo surgirá o interesse pela eletrônica para montar seus próprios equipamentos e acessórios.
Física e matemática – para a construção de antenas, torres, etc.
Línguas – o Radioamador poderá praticar a conversação de outras línguas, com pessoas de todo o mundo.
Cultura geral – muitos assuntos e curiosidades sobre os mais diversos assuntos.
Rádio emergência – No Brasil o radioamadorismo caiu em descrédito. Vários fatores contribuíram neste sentido como o aparecimento de satélites, internet, celulares, o rádio PX  que também é rádio comunicação (muito utilizado pelos caminhoneiros e pescadores) porém o ingresso a esta modalidade é feito apenas através do pagamento de uma taxa sem a necessidade de provas e seu uso não tem características do uso e preservação dos padrões ético, operacional e/ou técnico, entre outros vários fatores.
Hoje o Brasil e mais especificamente Santa Catarina, tanto a sociedade como a defesa civil (em função de eventos como, por exemplo, furacão Catarina e enchentes), redescobriram o radioamadorismo e sua teia como excelente canal de comunicações, principalmente quando em situações de emergência.
Países como o Japão, USA, Canadá, França, Alemanha apóiam os radioamadores, sendo considerado serviço de grande relevância pelos governos, fornecendo desde treinamentos, isenções de taxas para aquisição de equipamentos, cursos e preparação até convênios com os órgãos governamentais para o fomento das redes e o bom fluxo das informações de forma fácil e abrangente em níveis locais, estaduais, nacionais e internacionais e principalmente em situações adversas.
Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) é o órgão regulamentador e fiscalizador.  O uso de equipamento de radiocomunicação sem a devida licença expedida pela Anatel, infringe leis e pode ser punido com pesadas multas e processo federal.
Uma estação básica de radioamadorismo compõem-se de:
1- O rádio
2-Uma fonte de alimentação de 13,8V com
corrente superior ao máximo consumo do seu rádio.
3-Uma antena específica para a faixa de operação de seu rádio.
Recentes correntes têm tentado provar que o inventor do rádio foi um brasileiro.                                         O gaúcho padre Roberto Landell de Moura.
Sempre que se comunicar transmita a Paz.
Antonio Alberto Goetze Neto – PP5GN

terça-feira, 27 de setembro de 2016


Encontro realizado no dia 24/09/2016

Fotos cedidas pelo Radioamador Py7GFA Gilvan Fernandes
























Parabéns a todos que participaram e contribuíram para este evento.
Pu7Sdj-Drayton

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

LABRE PE, ENCERRA SUAS ATIVIDADES



      Informamos que a LABRE PE, lamentavelmente encerrou suas atividades, como representante da LABRE naquele estado. Para evitar que os colegas Labreanos daquele estado fiquem órfão da entidade, o colega Nascimento, PY7JN, foi nomeado pelo Presidente do Conselho Diretor da LABRE, para o cargo de delegado da Delegacia da LABRE em Pernambuco.



quinta-feira, 12 de maio de 2016


Perdido nas ondas curtas: 

Radioamadores procuram sinal do nanos

satélite russo Samsat-218D


Os radioamadores russos que trabalham com ondas curtas procuram o sinal do nanossatélite russo Samsat-218D, disse o comunicado de um fórum especializado nessa quarta (4).

Mais cedo na quarta-feira, uma fonte na Universidade Estatal Aeroespacial de Samara, onde o satélite foi projetado, contou à RIA Novosti que o problema de comunicação com o nanossatélite Samsat-218D, lançado do cosmódromo de Vostochny, poderia acontecer por causa da alta rotação do objeto em órbita.
"O satélite tem um emissor de radio, que transmite cada 150 segundos (ou 30 segundos) durante 15 segundos a palavra Samsat-218D na frequência de 145.870 MHz. O sinal é transmitido em código Morse no modo CW. Quando o satélite passa encima da nossa estação, ouvimos o código Morse fragmentado e ruído no fundo. Nós pedimos os radioamadores que ouçam a transmissão na frequência mencionada, gravem o áudio", diz o comunicado.
Os engenheiros do satélite informam, que estão prontos para fornecer todos os dados necessários relacionados à transmissão do sinal. "A processão de dados obtidos das gravações dos radioamadores nos permitirá compreender a causa do problema (é possível que o satélite tenha se enrolado fortemente na saída da cápsula de transporte) e tentar estimar a velocidade de rotação", explica o comunicado.
A Universidade Estatal Aeroespacial de Samara, a Universidade Estatal de Moscou e o Centro de Investigação e Produção Espacial “Progress” estão responsáveis pela operação de todos os satélites colocados em órbita durante o primeiro lançamento do foguete portador Soyuz 2.1a do cosmódromo russo Vostochny, disse à agência RIA Novosti o representante da empresa estatal Roscosmos.
"O nanossatélite Samsat-218 foi elaborado por estudantes e cientistas da Universidade Estatal Aeroespacial de Samara, por sua própria iniciativa. Todos os três nanossatélites [Samsat-218D, Mikhail Lomonosov e  Aist-2D] se separaram com sucesso do foguete portador Soyuz 2.1a, lançado do cosmódromo Vostochny. Atualmente, pelo o funcionamento dos satélites em órbita estão responsáveis as empresas e universidades  mencionados”, acrescentou o representante da Roscosmos.




Matéria retirada de : http://br.sputniknews.com/